Browse By

Veja Quais São Os Tipos De Podcast E Escolha Qual Produzir

Aí, você sabia que existem diferentes tipos de podcast? Na hora de começar a trabalhar com essa linguagem, é importante que você escolha um formato que seja adequado para o assunto que você quer abordar.

Os podcasts são essenciais nos dias de hoje. Eu mesmo consumo vários, e consigo imergir totalmente nos assuntos que são abordados.

É algo que, ao mesmo tempo instruir e relaxa. O mais foda é que você pode consumir esse conteúdo enquanto faz outras coisas, e não precisa parar para ouvir o debate.

Outra coisa interessante lembrar é que o podcast é uma ferramenta super acessível. Praticamente qualquer pessoa pode produzir o conteúdo em áudio, já que hoje todo mundo tem um celular com gravador e acesso à internet.

Mas, para começar você precisa de algum preparo. Não é só porque o podcast é acessível que ele não demanda cautela na criação do conteúdo.

Uma das coisas importantes é justamente você entender quais são os tipos de podcast, e escolher aquele que mais tem a ver com o seu estilo, o seu público e, claro, o tema que você abordará.

Tipos De Podcast – Escolha O Melhor Para Você

Os tipos de podcast são diversos, e cada uma conversa com um público. Eu já falei aqui no blog sobre o quanto é importante você definir bem o seu público alvo.

Mano, só assim você conseguirá mandar uma conversa convincente, que realmente se comunique com essas pessoas.

Então, com o público alvo definido você já terá uma linguagem meio que pré-estabelecidas, sacou? Fica mais fácil escolher o linguajar e o tipo de palavras que você vai usar.

Mas, os tipos de podcast também dizem respeito a outras coisas, tipo…o nicho em que o assunto está inserido, entendeu? Vamos dar uma olhada nas opções.

Notícias:

Os podcasts de notícias, por exemplo, são bem comuns. Eles permitem que você desdobre um determinado acontecimento, sempre se baseando em fatos.

Brother, não adianta vir com achismos nesse tipo de podcast. É importante ter fontes seguras, senão você espalhará as porras das fake News, e já estamos fartos delas.

Outra característica desse formato é que ele costuma ser periódico, ou seja, diário. Assim você tem que checar todos os dias os acontecimentos mais relevantes e escolher o que vai abordar.

Podcast Funcional – Aprendendo Coisas Novas Enquanto Escuta

Um dos tipos de podcast que eu mais aprecio é o funcional. Ele acaba ensinando alguma coisa, e é um caminho para alcançar algum objetivo.

Podemos citar por exemplo os podcasts de culinária, que acabam guiando a pessoa por aquela jornada na cozinha, e dão instruções que são seguidas à risca.

O mesmo posso dizer sobre os podcasts de meditação. Eles também vão guiando o cara até atingir aquele estado de nirvana, sempre com orientação de quem está ali falando.

Mas nesse caso é preciso ter domínio total da técnica que você tá explicando e é importante ter um perfil mais didático. Se você um cara mais sem paciência, que não tem muita paciência, esse não é o seu estilo.

Entretenimento:

Outro dentre os tipos de podcast que faz muito sucesso é o de entretenimento. Eles são muito usados para falar de coisas da cultura pop, tipo filmes, séries e tal.

Além disso, outros assuntos que são abordados têm realmente a intenção de manter o ouvinte mais relaxado, sacou? Tipo uma conversa sobre futebol, viagem, animais de estimação, humor e outras coisas.

O que conta aqui é a forma como o tema é conduzido. Eu posso ter um podcast de notícias sobre esses mesmos temas. Mas, quando tratado de maneira mais leve e descontraída, acaba caindo no entretenimento.

Qual Formato Eu Devo Escolher Para O Meu Podcast?

Mano, se você me pergunta: Negão, qual formato é mais interessante para mim? A resposta que eu vou te dar é: não sei!

Quem vai definir isso é você, brother. Você precisa considerar uma série de fatores para isso, antes de escolher um dentre os tipos de podcast.  para começar, precisa pensar no tema.

O seu tema é mais sério? É mais descontraído? Quem é o seu público alvo? O que essas pessoas querem ouvir? Quais conteúdos elas consomem?

É preciso escolher um modelo que tenha relação com o que você produz, e que seja interessante para o seu público. Outra coisa fundamental é que você escolha um dos tipos de podcast que seja interessante para você também.

Porra, se você não é jornalista, não tem a menor prática com essa linguagem, com certeza não vai dar certo você criar um conteúdo de notícias formal, sacou?

É exatamente o que eu faço aqui no blog. Eu me comunico com uma linguagem que faz sentido para nós, uma linguagem com a qual eu me sinto confortável e sei que você aí do outro lado também se sente.

Não faria muito sentido eu apostar em um podcast com uma linguagem toda certinha, formal, certo? Eu preciso considerar o que o meu público curte e também o que EU curto e o que EU sei e posso fazer com tranquilidade.

Usando Os Podcasts Como Marketing Para O Seu Negócio

Depois de conhecer um pouco mais sobre os tipos de podcasts e entender que cada um está destinado a um modelo diferente de comunicação, é hora de falarmos sobre a aplicação deles no marketing de conteúdo.

Qualquer um dos formatos citados anteriormente pode ser usado para potencializar a mensagem e o trabalho prestado pela sua marca. Só que você precisa fazer as coisas conversarem entre si, sacou?

Você precisa fazer com que o seu podcast, independente do formato, carregue os valores e a missão do seu trabalho. Se não, meu parceiro, tu vai morrer na praia.

O podcast tem que ser uma extensão daquilo que você oferece para o seu público. As pessoas precisam escutar e se identificar, saber que aquilo tem tudo a ver com você, com sua marca, com seus valores.

Os tipos de podcast existem para facilitar a comunicação. Mas use a criatividade, brother. Saia da caixinha sem perder a essência de seu empreendedorismo.