Browse By

Como aumentar a produtividade na quarentena

Você está tendo problemas com produtividade na quarentena? O mundo todo está passando por um momento muito complicado (o maior dos últimos anos): a pandemia causada pelo coronavírus.

Aqui no Brasil, nossos hábitos mudaram da água para o vinho. Em meados de Março os casos começaram a surgir no país e os governos iniciaram as medidas preventivas para tentar conter a disseminação do vírus.

A medida mais eficiente para conter o COVID-19 é o isolamento social e, com isso, muitas empresas mandaram os seus funcionários trabalharem em home office.

Muitas pessoas gostaram da ideia desde o início, outras tiverem que se adaptar após passar anos trabalhando da maneira convencional. Entretanto, qualquer um dos grupos pode apresente baixa produtividade na quarentena (o que é MUITO comum).

Por que você não consegue manter a produtividade na quarentena?

A baixa produtividade na quarentena é um grande problema e ele não se restringe somente à empresa que está pagando por um funcionário que não produz o quanto deveria produzir.

O empregado em si não se sente nem um pouco confortável ao notar que está produzindo menos. A consciência pesa e desenvolve-se uma angústia ao sempre pensar que deveria estar trabalhando mais.

Não é algo voluntário ou tirar proveito da situação. É claro que há algumas pessoas que aproveitam o home office para descansar mais e fazer outras atividades no horário de trabalho, mas essas pessoas não se importam muito com a produtividade. Inclusive, muitas pessoas estão encontrando dificuldades para se adaptar ao home office.

Esse artigo é para quem está tendo problemas com foco, concentração e produtividade na quarentena, mesmo que lute contra tudo isso.

É algo muito normal, principalmente no momento em que estamos vivendo. Primeiramente, passamos a trabalhar em um ambiente totalmente novo, então o processo de adaptação pode demorar um pouco.

Há também a questão da instabilidade causada pelo momento. O mercado de trabalho se vê em uma grande crise e isso afeta a saúde mental até mesmo de quem está trabalhando (há o medo de ser demitido).

Os problemas não param por aí, pois ainda há a preocupação com os efeitos mais que direitos do coronavírus, que é contrair a doença (ou algum conhecido passar por isso).

O que queremos dizer é: é um momento extremamente complicado e essa junção de fatores faz com que a produtividade na quarentena tenha a tendência de ser baixa.

A pandemia no Brasil não passará até termos vacina

O primeiro passo para aprender a lidar com a pandemia é encarar a realidade sobre ela: ela não vai passar até termos a vacina.

O governo federal conduziu – e ainda vem conduzindo – a pandemia de forma extremamente amadora, onde o presidente da república (que deveria ser uma figura de credibilidade) brinca com a situação e não pratica nem mesmo os protocolos básicos para conter a doença.

O resultado disso é uma taxa de contágio crescente, mesmo depois de tanto tempo. Não estão sendo tomadas as devidas medidas e o Brasil é um país muito grande, em algumas cidades o coronavírus está começando a agir fortemente somente agora.

Então, tenha em mente: isso não vai passar em duas semanas ou dois meses. Projete uma solução apenas para o começo do ano que vem. E por que isso pode te ajudar a melhorar a produtividade na quarentena?

Tenha em mente que isso irá se estender e que você precisa se adaptar. Quando encaramos essa situação de frente passamos a aceitar essa realidade, e não passar os dias pensando que daqui algumas semanas tudo irá voltar ao normal.

O home office é a sua realidade no momento, então você não pode mais ficar ansiosa pensando que isso é provisório. Ao aceitar isso, a sua relação com seu trabalho em casa irá mudar.

Para aumentar a produtividade na quarentena: encontre o seu local de trabalho

Mas, agora, vamos adiante: como aumentar a sua produtividade na quarentena? Veja bem, cada pessoa possui as suas particularidades e apenas com o autoconhecimento é possível saber qual é a melhor alternativa para você.

Entretanto, há algumas dicas que normalmente ajudam aqueles que não estão conseguindo se concentrar no trabalho (ou até mesmo em qualquer outra atividade que você esteja proposto a fazer, incluindo estudos). Aliás, existem algumas ferramentas que podem te ajudar em sua produtividade de modo geral.

A primeira dica é: encontre um local para trabalhar ou estudar. Não trabalhe em “cantinhos” provisórios, na cozinha ou na sala (ou qualquer lugar onde pessoas podem ficar circulando).

Encontre algum cômodo da casa onde você consiga colocar uma escrivaninha (caso já não tenha uma), coloque seu material de escritório e entenda que ali será o seu local de trabalho.

Decore-o assim como fez no seu escritório (com materiais de trabalho), tenha uma mesa/cadeira com a ergonomia adequada e sinta-se confortável.

Outro ponto muito importante sobre o ambiente é: ele deve ser iluminado e silencioso.

Pouca luz pode fazer com que você force sua visão e isso pode causar dores de cabeça, além de uma sonolência. Aliás, buscar formas de combater o sono na hora de estudar e trabalhar é muito importante para manter sua produtividade.

Já o barulho é ótimo para tirar a concentração. Manter o foco e concentração em um lugar com muitas possibilidades de distração é realmente difícil, então encontre o cômodo mais silencioso possível.

Tente fazer os mesmo horários

Outra coisa que irá ajudar a manter ou a aumentar a produtividade na quarentena é manter uma esquema de horários bem definidos.

Uma das maiores vantagens de se fazer home office é a flexibilidade de horários, mas isso não funciona para qualquer pessoa. Por isso, se você está com dificuldade de focar, talvez seja mais interessante cumprir os seus horários.

Se você acha que começa a trabalhar muito cedo e isso te atrapalha, tudo bem acordar uma hora mais tarde e ficar uma hora a mais no final do expediente, mas tente não mudar drasticamente a sua rotina.

Além disso, é importante estar ativo durante o horário de trabalho padrão, pois demandas urgentes podem surgir, assim como outros funcionários podem precisar entrar em contato.

Caso não esteja trabalhando nesses momentos mais críticos acabará trabalhando em dobro.

Um bom horário para se trabalhar é das 8h30 até 17h30 (com uma hora de almoço).

Evite acordar apenas 10 minutos antes do horário, tente levantar cerca de 30 ou 40 minutos antes de começar a trabalhar. É muito importante que o despertar seja tranquilo.

Lave seu rosto, penteie o cabelo, troque de roupa (NÃO TRABALHE DE PIJAMA, coloque uma roupa confortável e casual), tome café da manhã, leia um pouco de notícias e, a partir daí, comece a trabalhar!

Alimente-se bem e mantenha-se hidratado para conseguir aumentar a produtividade da quarentena

Outro ponto positivo do home office é poder comer em casa. Quando trabalhamos fora é comum pedirmos refeições todos os dias.

Mesmo as caseiras podem ser um problema, pois costuma ter muito tempero (muitos deles industrializados) e esse alto teor de sódio ingerido diariamente não faz nada bem.

Tente cozinhar e comer a sua própria comida. Não dá tempo de fazer apenas em uma hora? Estenda o seu horário de almoço por uma hora e meia e compense depois.

Outra dica é fazer comida para mais de um dia. Deixe na geladeira ou congele em pequenas porções. Essa é uma ótima forma de economizar tempo para aproveitar mais o seu horário de almoço.

Muitas vezes nos esquecemos de comer quando estamos trabalhando, mas isso não deve acontecer. Lembre-se dos lanchinhos da tarde também.

Eles, inclusive, são uma maneira de aumentar a sua produtividade na quarentena. Isso porque você tira um tempinho para respirar e espairecer. À tarde, entre 15h e 16h, pare para comer uma fruta, respirar, alongar e, depois, volte ao trabalho.

Cuide – e muito – da sua saúde mental

A produtividade na quarentena é um desafio, mas uma coisa é certa: a produtividade está ligada diretamente com a sua saúde mental.

Por isso, investir nas coisas que lhe fazem bem e que proporcionem autoconhecimento é essencial. Terapia, yoga, meditação e coisas do gênero são atividades que devem ser praticadas.

É realmente muito difícil transformar a sua casa em seu ambiente de trabalho ou de estudo. Tudo isso ao mesmo tempo em que lida com uma pandemia e com todas as outras notícias ruins que assolam o nosso país.

Então, não se sinta reprimido em buscar ajuda. Nesse momento, psicólogos podem ser nossos melhores amigos.

Não se cobre tanto

Cada pessoa reage de uma forma. Há aquelas que focam no trabalho para esquecer os seus problemas e há aquelas que são tomadas pelo desânimo em situações como essas.

É comum esse segundo tipo de pessoa se cobrar e tentar ser igual a primeira, mas isso não deve acontecer. Manter ou aumentar a produtividade na quarentena não é fácil e ninguém precisa se cobrar tanto.

Tente fazer o máximo que você pode. Não está dando conta das suas atividades diárias porque não consegue manter o foco? Realize todas essas dicas que foram passadas e procure ajuda.

Não para que você se torne uma máquina de trabalhar e produzir, mas para que você se sinta bem consigo mesmo e consiga trabalhar no seu ritmo habitual.

Ou, quem sabe, até mesmo melhorar a produtividade na quarentena de forma natural, não por achar que é obrigação ao se comparar com outras pessoas. Cada um possui o seu ritmo!