Browse By

O Que São E-Sports? Conheça A Nova Modalidade Esportiva Que Traz Milhões De Adeptos

Koé, brother, você sabe o que são e-sports? Se você ainda não conhece sobre essa parada eu vou te mandar a real: é melhor passar a conhecer se você for amante de games.

E depois de ler tudo o que eu tenho pra dizer você vai ficar puto e pensar “como eu não me dediquei pra isso antes, mano?”. É, meu camarada, juntar a vida profissional com seus gostos pessoais é o sonho de qualquer um.

Tá na curiosidade pra saber do que eu to falando? Entenda agora o que são e-sports e como esse mercado tem crescido tanto nos últimos anos.

O que são e-sports?

Em primeiro lugar, irmão, você precisa entender o que são e-sports caso queira entrar nesse rolê. Já vou adiantando que é muito massa e você provavelmente já está ligado do que estou falando, só não está associando ao nome, sacou?

Os e-sports são torneios de games que são reconhecidos como competições profissionais! Isso mesmo, mano, você estará ganhando pra jogar o seu videogame suave. Acredita nisso?

O competidor pode receber a grana de diversas formas, como salário, abatimento de custos ou premiação. E você acha que é pouco, mano? Tem competidores que ganham uma nota preta nos torneios.

Mas quais são as categorias? Rapaz, são várias. Têm torneios de jogos de PC, console, mobile, enfim, qualquer tipo de plataforma digital pode ser classificada como e-sports, tá ligado?

De acordo com a definição mais precisa, a parada é a seguinte: e-sports são competições envolvendo dois ou mais competidores em uma partida online. Pode ser uma competição individual ou a parada pode ser organizada em time.

Outra coisa que define o que são e-sports que eu acho importante falar aqui pra ti é que a competição pode ser presencial também. Os malucos pensam que é só à distância, mas têm torneios brabos feitos presencialmente.

Todo o corre é dividido em categorias, as principais são os jogos de luta (já jogou Street Fighter, né, mano?), games de estratégia em tempo real – RTS (Warcraft é um exemplo, foda esse game) e jogo de tiro em 1º pessoa – FPS (o Fortnite é treta pra porra!). Dá uma olhada nos gamers mais brabos de e-sports:

  • Street Fighter
  • Super Smash Bros.
  • Doom
  • Série Counter-Strike
  • Série Call of Duty
  • Série Battlefield
  • CrossFire
  • Point Blank
  • Warface
  • Warcraft
  • FIFA series
  • Real Subspace Hockey League
  • League of Legends
  • Fortnite
  • Free Fire
  • Fortnite Mobile
  • Clash of Clãs
  • Clash Royalle
  • World of Warships

O que são e-sports: sua história

Eu também acho importante trazer um pouco de história pra vocês. O negão aqui também é cultura e acho esse assunto muito massa pra falar dele superficialmente.

Até porque, saber o que são e-sports tem muito a ver com a história desses gamers. A partir daí dá pra entender como que esse mercado é um bagulho doido, cresceu pra porra nos últimos anos.

Você acredita, mano, que a primeira competição de jogos eletrônicos aconteceu em outubro de 1972? Porra, eu nem sabia que já tinha gamer nessa época, bicho!

Pois é, a parada foi organizada para os estudantes da Universidade Stanford lá nos EUA (os caras são brabos quando o assunto é gamer). O jogo escolhido foi Spacewar e eu vou confessar que nunca joguei essa parada aí.

Deram até um nome oficial pro evento, foram as “Olimpíadas Intergaláticas de Spacewar”. Nome bonito, rapaz. E o que a rapaziada ganhou? O prêmio não era lá essas coisas, não, era um ano de assinatura da Rolling Stone.

Mas a gente também não pode desmerecer os caras, não é? Era um mercado novo pra caramba e eles foram responsas em lançar isso em 1972.

E você conhece o Atari, né? Foi um dos primeiros videogames, mano. Gráfico simples de tudo, mas pra época era o auge do ápice.

Lá em 1980 a Atari organizou outro campeonato, que foi considerada o primeiro torneio em grande escala. Foram cerca de 10 mil participantes e atingiu diversos estados dos EUA.

Em 1990 (e aí já começa a aproximar da nossa idade, mano, então já conhecemos melhor) foi programado o Nintendo World Championships, uma grande competição com os consoles da época.

Depois dos anos 2000 começou a agregar mais valor pra nossa geração, tá ligado? Foi um boom de gamers e a rapaziada começou a dar mais importância pra esse tipo de atividade. Aqui os jogos não eram puro entretenimento mais, não!

Daí pra frente foram torneios atrás de torneios e o mercado começou a dar uma chance pros gamers. Nessa época o nosso querido Lolzinho estava estourando, assim como o jogo DOTA.

No ano de 2013 a competição de DOTA 2 The International teve mais de 4,5 milhões de visualizações, mano, isso é view pra caramba!

Quer saber da grana, cara? O negão traz um exemplo pra vocês: no ano de 2016 a premiação do LOL (League of Legends) foi de US$6,5 milhões. Acha pouco, mano? Em 2017 o prêmio foi de US$24 milhões pro game DOTA 2.

Por que a modalidade traz tanto adepto?

É fácil entender o que são e-sports porque estão chamando a atenção da rapaziada em peso, não é? Quem que não quer passar o dia todo coçando o saco e jogando videogame pra ganhar dinheiro? Eu faço isso jogando FIFA, mas meu dinheiro vem de outra maneira.

Mas deixa eu te mandar a real, mano, não é fácil, não. Fazer parte de um time profissional de e-sports é foda. Precisa ser bom pra porra, ágil, rápido, ter personagens fodidos nos jogos e esse monte de coisa.

Eu me amarro em qualquer gamer, mas pra ser profissional tem que ter garra, mano. O lado maneiro dessa profissional é que ela é muito inclusiva, tá ligado? Qualquer pessoa pode se tornar o pica do e-sports com muita dedicação.

Agora, mano, você já sabe o que são e-sports e um pouco mais de como esse mercado vem crescendo de formas absurdas. É viciado e manda bem em algum jogo? Considere se tornar um gamer profissional, cara, não duvide do seu potencial!