Browse By

Nomadismo Digital: ganhar dinheiro, ter liberdade e viajar o mundo

Coé rapaziada. Tudo tranquilo? Com esse post aqui no blog eu vou tirar todas as dúvidas que vocês têm sobre o nomadismo digital.
Além disso…

• O que é um nômade digital?
• A história de um nômade digital, eu.
• Como começar a ser nômade digital?
• Vantagens e desvantagens do nomadismo digital (porque não é pra qualquer um).

Pra começar, você sabe o que é um nômade digital? O que ele faz? Como ele vive?

Se você não tá ligado, fica tranquilo, eu vou te explicar agora…

O QUE É UM NÔMADE DIGITAL?

Um nômade digital é aquele cara que ganha uma grana usando a internet a seu favor e com isso tem a liberdade de fazer o que quiser na hora que quiser.

Rotina? Não. A rotina do nômade é não ter rotina certa.

Ele viaja, ganhando dinheiro, trabalhando de qualquer lugar do mundo e usando sua liberdade como bem entender.

A vida do nômade é muito variável.

Hoje ele pode estar aqui no Brasil, trocando uma ideia com você na sua cidade e amanhã em Paris.

É um estilo de vida que muitos querem e poucos sabem o que fazer pra alcança-lo.

Continua lendo que eu vou te contar a minha história de como eu virei um nômade digital…

VIRANDO UM NÔMADE DIGITAL

Pra mim tudo começou em 2009.

Foi quando eu comecei a entrar nesse mundo e descobri que a internet era um lugar que eu podia ganhar dinheiro.

Em meados de 2015…

Eu trabalhava em um escritório normal, igual a maioria das pessoas trabalha hoje em dia.

Batia ponto, chegava no horário, fazia meu trabalho chato e tediante de todo dia.

Não via muito propósito naquilo que e fazia e então comecei a buscar alternativas pra sair da porra daquele emprego logo e fazer algo que valesse a pena.

Pelo menos pra mim.

E não era um salário merda, eu ganhava mais de 5 dígitos.

Mas, irmão…

Quando tu faz uma parada sem tesão é foda. Já tentou comer alguém de pau mole?

É IMPOSSÍVEL…

E era mesma situação que e me tava. Era impossível continuar naquele trabalho e ser feliz.

Continuei no trabalho, mas me comecei um outro projeto. Um sonho que queria realizar desde que eu era moleque.

Ser escritor.

hackeando tudo

E acredite. Pra encurtar a história, em um certo período de tempo eu comecei a ganhar dinheiro com isso e me perguntei…

“Porra. Se eu to ganhando dinheiro com o que eu gosto de fazer e trabalhando no escritório, imagina se eu entro com foco total nisso? Vou ganhar 3x mais…”

E foi quando e larguei meu trabalho de escritório e batedor de ponto pra começar minha jornada na internet.

Comecei a escrever livros e ser um nômade digital.

Além dos livros, tinha muitos outros hacks que me faziam ganhar uma grana extra.

Falando nisso, se você não conhece nenhum livro meu ainda, entra aqui – (link)

Lá tem a história mais completa e alguns hacks fodas pra você usar.

Depois que eu comecei nisso eu não parei mais. Ganhar dinheiro pela internet e viajar o mundo virou coisa do dia a dia.

Enquanto todo mundo duvidou, julgou eu fui lá e fiz.

Foda-se.

E hoje sou feliz pra caralho como nômade.

E cara, não é difícil ser um nômade digital, tá ligado?

Só precisa querer e entrar de pau duro na parada.

“Mas Raiam eu não sei nem por onde começar, o que e faço?”

Vamo lá então, rapaziada.

Vou dar uns bizus pra vocês começarem a fazer uma grana com a internet do seu lado.

Como começar a ser um Nômade Digital?

Nomadismo digital

Pra começo de conversa você vai ter que querer muito isso, cara.

• Você quer ganhar dinheiro pela internet?
• Você quer ganhar liberdade pra fazer outras coisas?
• Você quer viajar o mundo?
• Tudo isso ao mesmo tempo?

Isso, depois que se aprender, fica fácil. Mas no começo é dolorido. Se você não aguentar a pressão, na primeira porrada que você levar você vai pedir pra sair.

Então se for pedir pra sair nem começa.

Vou te falar três formas de como começar e que você não precise de muita coisa pra fazer seu primeiro dinheiro online…

1. Prestação de serviços

O famoso freelancer.

Tá ligado aquela parada que você muito bom e ninguém te supera? Tu pode ganhar dinheiro com isso pela internet.

Hoje em dia tem alguns aplicativos que até procuram o cliente pra você e dá esse match de prestador e cliente.

Por exemplo…

Você tem uma voz boa e fala bem…
Pode ser contratado pra ser narrador de algum vídeo no youtube ou algum audiolivro.

Você escreve bem e sobre qualquer assunto…
Pode ser contratado pra ser redator de algum blog, ou escrever artigos a parte.

Você sabe desenhar como ninguém…
Pode ser contratado pra fazer a capa/embalagem de algum produto.

As possibilidades são gigantes e a internet é maior ainda. Você consegue vender seu serviço de forma rápida e fácil.

2. CANAIS DE COMUNICAÇÃO

Quando eu digo canais de comunicação, quero dizer canais nos qual você consegue se conectar com as pessoas.

E por meio desse canal, passar algum conhecimento que você tem e que é especialista.

Você pode cobrar pra passar esse conhecimento mais a fundo para as pessoas que desejarem ter.

Além disso, caso você crie um blog ou um canal no youtube, por exemplo, você pode ganhar dinheiro através dos Adsense que costumam dar um dinheiro.

Mas pra isso você precisa trabalhar na divulgação dos canais, pois o dinheiro vindo do Adsense depende dos acessos que o site ou os videos do canal tem.

3. Lojas digitais

O famoso E-commerce

Sabe aquela sua amiga que tem um brechó, ou aquele seu amigo que tem uma loja de prata no Instagram?

Desculpa te dizer, mas eles estão mais na frente pra ser nômades digitas do que você.

Isso porque, com a loja digital deles no Instagram, ele conseguem vender seus produtos e ganhar um dinheiro em cima daquilo.

É uma ideia foda pra quem tem um sonho de ter uma marca.

Você cria um canal pra sua loja, não precisa ser necessariamente o instagram, e de lá você divulga os seus produtos e faz o seu marketing.

Todos os exemplos que eu falei, só depende de você pra dar certo. São negócios que, se você pesquisar a fundo, vai perceber que é rentável e que pra dá pra começar do zero.

Como eu disse, você vai levar porrada, mas quem ganha e tem sucesso é aquele que apanha e fica de pé.

Se você apanhar e cair de vez, vai ter que se levantar.

Porque apesar de o nômade digital fazer grana pela internet, viajar o mundo e ter liberdade, com certeza, ele já levou muita porrada.

Nada é um mar de rosas. Ser nômade digital é bom pra caralho.

Mas tem suas vantagens e desvantagens…

Dependendo do ponto de vista. Mas quem julga isso é você.

Fica ai e se liga no que eu vou te falar agora, que eu vou te apresentar alguns famosos prós e contras do nomadismo digital…

VANTAGENS E DESVANTAGENS DO NOMADISMO DIGITAL

Vou te mostrar algumas paradas que falam sobre a gente que é nômade digital.

Alguns interpretam como vantagens e desvantagens, outros como algo a mais, no final eu te conto…

1. Trabalhar de qualquer lugar vs Trabalho duro

Começando pela vantagem, como eu disse antes, o nômade digital pode trabalhar de qualquer lugar do mundo, ele só precisa de internet.

E isso é bom pra caralho. Porque isso gera uma flexibilidade do caralho, o que dá mais liberdade pra fazer o que bem entender.

Porém, pra atingir esse nível de liberdade você vai ter que trabalhar muito e suar a camisa pra alcançar o tão sonhado estilo de vida do nômade digital.

Não é só querer. É querer e entrar de pau duro e fazer.

Nada acontece sem execução. Então executa essa porra e não fica esperando que seja um trabalho fácil, porque não é.

Tô só mandando a real…

2. Viajar o mundo vs Não parar quieto

Viajar o mundo é uma outra vantagem do caralho, que vem de muito trabalho duro e te dá a liberdade que todos querem ter.

Mas você começa a viajar tanto que você já não se sente de lugar nenhum.

Pra um nômade é difícil ele ficar em 1 país/cidade, mais que 6 meses, porque ele começa a se acostumar com o ambiente e começa a ficar chato.

Por muitos motivos, mas não vou entrar nesse detalhe agora.

A questão é, você pode viajar o mundo todo, a hora que quiser, mas você pode se sentir deslocado por isso, por não ter um local fixo e ter a sensação que não pertence a lugar nenhum.

3. Ter muitos amigos vs Não ter amigo nenhum

E também tem a vantagem de ter muitos amigos. Como você vai ser um cara nômade digital (eu sei que tu vai) você vai viajar o mundo e fazer novos amigos a cada país/cidade que você parar por um tempo.

E isso é bom pra caralho.

Você vai conhecer gente nova, fazer networking novo, conhecer gente mais foda que você.

É importantíssimo essa parte…

Mas na mesmas proporção que você faz amigos, você não mantém muito contato com eles.

Claro que as novas amizades vão surgir e vocês vão continuar se falando por mensagem e tudo mais.

Porém não é aquela parada de tá ali, lado a lado, tá ligado?

E quando você for pra outro país/cidade diferente, tu zera.

Tu chega cru e sem nenhuma amizade e tem que se virar pra conhecer gente nova.

E é sempre assim quando você sai de um lugar e vai pra outro, então tu tem que ser desapegado, senão fudeu.

Pra deixar bem claro, rapaziada. Essas vantagens e desvantagens vão da perspectiva de cada um.

Tem gente que acha foda essas desvantagens, mas tem gente que acha bom pra caralho essas desvantagens e nem chama de desvantagens.

Na real, eu acho que toda “desvantagem” é uma oportunidade de tu expandir a tua zona de conforto.

E a ideia do nomadismo digital é essa, ganhar dinheiro viajando o mundo, tendo liberdade e expandindo a sua própria zona de conforto.

Passando para dar o último papo

Isso tudo só depende de você.

Eu to te dando a vara e te ensinando a pescar, quem tem que pegar o peixe é você.

Eu tenho mais de 120 fontes de renda construídas nesses 10 anos de internet.

Botando a cara na internet ou não, você pode fazer grana de qualquer forma, é só executar.

Você vai conseguir fazer isso parando de resmungar e executando tudo aquilo que você precisa pra ser um nômade digital.

• Liberdade financeira.
• Liberdade geográfica.
• Liberdade de tempo.

Quer ganhar isso? Então cai pra dentro.

Continua me acompanhando aqui que eu vou soltar novas dicas de nomadismo digital pra te ajudar nessa caminhada.

Tamo junto, rapaziada.