Browse By

Lançamento Semente: aprenda como fazer do jeito certo!

Ganhar dinheiro de verdade é a meta de todo mundo, né? Melhor ainda se for de um modo fácil, econômico e mais seguro de investir. Pois bem, isso é algumas das vantagens em fazer um lançamento semente.

E se eu te contar que além disso, é possível fazer o lançamento semente mesmo sem que o produto/serviço exista ou ainda que a pessoa tenha profundos conhecimentos em marketing digital; você acreditaria?

Não, não é mentira nem “passe de mágica” nem nada ilegal, tá? Mas sim apenas uma estratégia inteligente do marketing digital em ação! Simples assim…

Então, se você quer saber todos os segredos do lançamento semente e se essa fórmula de lançamento é perfeita para você… bem, a dica do dia é mergulhar nesse artigo, combinados?

Bora lá aprender a vender mais!

Lançamento Semente: o que é?

O lançamento semente é uma forma de medir o interesse das pessoas (atração) por um certo produto ou serviço antes de efetivamente comercializá-lo ou, até mesmo, criá-lo.

Com isso, os riscos diminuem, pois se você já notar a rejeição ou desinteresse inicial, dá para “mexer” na estrutura do produto/serviço e adequá-lo conforme o gosto do público, por exemplo.

Ou seja, você cria um assunto relacionado ao produto/serviço que pretende vender. A partir daí, observa quais são as dúvidas e necessidades daquele grupo de pessoas (seus futuros clientes).

Com base nisso, já tem uma boa ideia de quais qualidades e benefícios o seu produto/serviço deve oferecer para atingi-los e, então, realizar vendas. Viu como é fácil?

Lançamento Semente: afinal pra quem é?

O lançamento semente é perfeito para aqueles que querem iniciar a sua jornada no empreendedorismo digital, porém não tem muito conhecimento em marketing digital.

Isso porque esses empreendedores, geralmente, não têm muita experiência online, estão em fase de criação de produto/serviço ou não obtiveram, ainda, a autoridade digital necessária no meio em que estão.

Ah, e claro, não querem perder seu tempo e sua grana se “metendo em roubadas” mal sucedidas!

O mais legal é que na pré-venda do produto/serviço semente (antes mesmo que ele esteja 100% formatado) já dá para rentabilizar a venda.

Isto é, como o lançamento semente já despertou o interesse das pessoas; muitas delas compram o produto/serviço e, essa receita pode inclusive, ser usadas no desenvolvimento do seu produto/serviço.

Praticamente, nessa situação, o seu cliente se torna o seu investidor. Aí, os seus riscos financeiros reduzem mais ainda. Muito Top, né?

Saiba que independentemente do tamanho do negócio ou a que ramo se dedique (por exemplo: medicina, finanças, artesanato, padarias etc.), o lançamento semente é um ótimo recurso para aumentar as vendas.

Lançamento Semente: Vantagens

Só pelo que vimos até aqui, dá para perceber que que vale a pena investir em lançamentos semente! Mas, as vantagens não param por aí, acompanhe.

1.         Compreender o seu Cliente

No lançamento semente como é o próprio público que demonstra quais problemas quer que sejam solucionados ou por quais produtos/serviço se interessa; então, fica mais fácil lançar algo compatível com a vontade do cliente! Fica muito mais fácil de indentificar e criar a sua persona.

2.         Financiar o Produto/Serviço

Antes mesmo que o produto/serviço esteja 100% finalizado, é possível vendê-lo (pré-vendas). Daí, basta usar esse dinheiro que entrou para financiar o desenvolvimento restante.

Com isso, na prática, você desembolsa pouco ou, às vezes, dependendo da quantidade de vendas feitas, não precisará investir nadinha!

O ideal é usar lançamentos semente para vender infoprodutos como cursos, mentorias, consultorias e semelhantes. Já que, não necessita ter todas as aulas gravadas e materiais de apoio feitos para começar a venda em si.

3.         Ter a sua Lista de Emails.

A lista de e-mails é peça chave para o sucesso do seu lançamento semente. Pois, é ela que te aproximará dos seus clientes ao criar relacionamentos com eles e, assim, demonstrar o seu produto/serviço.

É claro que a abordagem correta conta muito nesse momento e o foco não é oferecer “de cara” o teu produto, mas sim, criar um elo simpático no sentido de envolver o seu cliente.

Ou seja, você tem que mostrar que sabe quais são as chateações que o seu cliente enfrenta, as soluções existentes e, principalmente, por que o seu produto/serviço é perfeito para solucioná-las.

Depois disso, quando notar que o “termômetro do interesse” está lá no alto, só convidar “a galera” para eventos como webinars, por exemplo e #partiuSucesso!

4.         Seu Produto/Serviço: Depoimentos Positivos

Como no lançamento semente você já sabe o que o seu cliente quer de verdade, é mais fácil obter depoimentos espontâneos de pessoas que usaram o seu produto/serviço e ficaram hiper satisfeitas com o resultado.

Essa é a melhor forma de mostrar que o seu produto/serviço funciona e facilita a vida do seu público. Por isso, usar as redes sociais para aumentar a divulgação é o melhor caminho!

Afinal, as pessoas gostam de receber indicações de outras sobre produtos/serviços que usaram e tiveram histórias positivas para contar. Assim como, estão atentas às reclamações de outros clientes.

Lógico que, com o passar do tempo e o número de clientes felizes e satisfeitos aumentando, em paralelo, a sua autoridade na área vai se consolidando.

No entanto, o lançamento semente, é apenas o ponta pé inicial de uma série de outros lançamentos, portanto outros gatilhos mentais e estratégias para fazer com que as suas vendas avancem sempre.

Se quiser saber mais também sobre como funciona o lançamento meteórico, temos um artigo saído do forno sobre o tema.

Como começar: Lançamento Semente e Lançamento Interno?

Uma das principais dúvidas de quem vai iniciar nas vendas de produtos/serviços e até mesmo daqueles que estão fazendo os primeiros lançamentos é saber se deve iniciar pelo lançamento semente ou o interno.

Pois bem, são fases diferentes. O lançamento semente é a etapa de apresentação do produto aos clientes potenciais. Geralmente, é feito por meio de live.

Daí, “sentir” se a audiência “curte” o produto/serviço, se há interesse na oferta e transformar, portanto, esses contatos em uma base de clientes potenciais.

O mínimo esperado é de 1 venda. Se isso não foi alcançado, então dá para realizar outro lançamento semente com os devidos ajustes. Nesse processo, colher os depoimentos das pessoas que aprovaram.

Já o lançamento interno é algo direcionado para as pessoas que já acompanham o seu trabalho. Ou seja, a sua base de clientes existente. Aqui o grau de complexidade é bem maior do que lives.

Pois é necessário produzir vídeo de vendas, disparar vários e-mails marketings e preparar as landing-pages relacionadas ao lançamento. Há um modelo de conteúdos pré-lançamento (CPl´s) a ser cumprido.

Outra diferença importante é que no lançamento semente (como já dito) o produto/serviço não tem que estar 100% finalizado, algo que é indispensável no lançamento interno.

Portanto, no lançamento semente dá para vender a ideia de um produto. Aí, só se as pessoas comprarem, começará a efetiva produção. Por isso, é muito usado em cursos e mentorias, por exemplo.

Os depoimentos feitos no lançamento semente são um dos pontos fortes a serem explorados no lançamento interno. Desta forma, o lançamento semente é a etapa 1 que serve para validar o produto/serviço.

Bem feita essa fase, aí sim, muda-se para a etapa 2 que é o lançamento interno, combinados?

Lançamento Semente: Passo a Passo

Bom, apesar do lançamento semente seguir um modelo que foi validado por vários empresários digitais, é evidente que cada negócio tem suas características individuais, por isso, não ignore o “jeitinho” do seu público.

Geralmente, o contato é dinâmico feito via webinars com duração de uma hora. Esse é o “prazo” que você tem para convencer a audiência sobre a importância do produto/serviço e validar a oferta (demanda).

Agora que você já sabe o que é o lançamento semente é natural querer aprender como pôr em prática um lançamento semente passo a passo, certo?

Passo 1: Crie Relacionamento + Dê Algo de Valor

Aqui o “negócio” é agir! Por isso:

  • Publique artigos em blogs, posts nas redes sociais relacionados ao seu produto/serviço;
  • Envie e-mails reforçando o assunto;
  • Divulgue vídeos, entrevistas e webinars; e
  • Dê um ebook etc.

Explore canais diferentes para atingir os seus clientes potenciais em todas as frentes existentes no marketing digital. Assim, você cria a ideia do produto/serviço de modo não invasivo.

Passo 2: Pré-Lançamento

A meta é agitar o mercado dizendo que “algo importante vai acontecer” e merece a atenção dele!

Isso pode ser feito de várias maneiras. Por exemplo: 3 emails sequenciais disparados em dias da semana diferentes (2ª, 4ª e 5ª).

1º email empatia – somos parecidos, pois temos o mesmo problema. Mas, eu descobri a solução e te contarei no webinar “X”.

2º email senso de urgência – não perca a oportunidade de resolver o problema, pois as vagas estão esgotando…inscreva-se já!

3º email lembrete – só passei para lembrar o dia e hora do webinar. Clica no link e nos vemos lá às “x”h.

Se 25% dos interessados comparecerem, é um bom sinal (indicador). Agora, em termos de vendas, o mínimo esperado é que 1 venda seja realizada.

Passo 4: Lançamento

Seguindo a linha de raciocínio do exemplo:

4º email – “isca de venda” – o webinar foi extraordinário, então acessa o link estará disponível até o dia “x”.

5º email – “isca de venda 2” – webinar TOP, por isso enviamos só os melhores momentos, disponível até o dia “x”.

6ºemail – “última chamada” – agora é a hora, a chance de você mudar de vida e virar especialista no assunto “x”, a aula ficar disponível só até 00:00.

Passo 5: Pós Lançamento

Nessa fase é legal realizar mais 2 ou 3 webinars e interagir nos grupos do Face. Atenção, pois esse é o momento perfeito para os depoimentos serem colhidos e utilizados na etapa 2 – lançamento interno!

Passo 6: Analise as devolutivas!

Analisar as opiniões da audiência sobre a oferta é o real objetivo do lançamento semente. Por isso, mediante esses retornos, basta ajustar os aspectos apontados como negativos e pronto!

O que fazer após o Lançamento Semente?

Pois bem, se a oferta gerou vendas, é o momento de investir no produto/serviço e finalizá-lo, assim você entregará a solução prometida ao cliente.

Agora, se não gerou vendas, a melhor forma é analisar o motivo da recusa das pessoas. Daí, realizar ajustes nos desvios identificados, por exemplo: trabalhar argumentos mais persuasivos, e refazer todo o passo a passo.

Também é hora de verificar se o público é o ideal a sua oferta! Às vezes, basta direcionar audiência certa para que tudo volte aos devidos eixos.

Quer garantir o sucesso dos seus lançamentos?

Bem é muito fácil! Basta seguir as nossas dicas digitais sobre marketing digital, claro!

Até a próxima.