Browse By

Como Precificar Produtos Digitais

Muitas pessoas têm dificuldade e se sentem desafiadas na hora de precificar produtos digitais, considerando esta uma das etapas mais difíceis de toda a produção.

Mas, quando o reconhecimento sobre o valor de uma hora trabalhada começa a aparecer, este conceito surge de maneira mais clara e o produto final passa a ser mais valorizado, de acordo com a padronização dentro do mercado.

Compreender qual o valor de um produto que passa por um processo de produção, diz muito sobre uma análise emocional, onde são levadas em conta questões de ego, sendo o fator mais desafiador para compreender o seu preço final.

Veja a seguir neste artigo como precificar produtos digitais e entenda a melhor maneira de colocar valor e valorizar seu trabalho.

Entenda o motivo de ser tão difícil entender como precificar produtos digitais

Definir um preço para qualquer produto é algo muito desafiador mas, quando falamos de produtos digitais, a dificuldade pode ser ainda maior.

Isto por que, os valores relacionados a produtos de origem digital podem ser definidos pelo valor médio no mercado e, também, pelo valor que é gerado para os clientes. Ou seja, se seu produto é valorizado, a sua empresa também passa a ser.

Com o crescimento da valorização de seu produto, a sua empresa passa a receber mais clientes e investidores que acreditam no sucesso de sua marca e na qualidade de sua produção, melhorando ainda mais sua imagem dentro do mercado destes produtos.

E, quando a valorização de sua empresa acontece, o valor financeiro de seus produtos pode ser maior também.

Como sua estratégia para precificar produtos pode ser eficiente e livre de prejuízos?

Para começar a compreender  qual o valor de seus produtos, é preciso considerar alguns fatores muito importantes, como o seu valor médio dentro do mercado, qual a margem para que o lucro seja dentro do desejado e os custos para a sua produção final.

Mas, é preciso se atentar aos descontos muito radicais, pois além de desvalorizar seu produto, é possível que os clientes fora do seu público alvo sejam atraídos e sua empresa seja vista apenas como um valor abaixo do mercado e não como a qualidade que você deseja oferecer.

E, para compreender melhor qual a maneira de valorizar seu produto da forma correta, é preciso seguir alguns passos essenciais, como:

  • Primeiro, procure analisar e descobrir o Lifetime Value ou LTV de seus clientes, compreendendo qual a quantidade a de receita que é gerada em todo o período em que a pessoa se torna cliente de sua empresa;
  • Caso o cliente opte sempre pelos produtos que possuam um preço menor, procure saber qual a quantidade de produtos que ele costuma consumir;
  • E, depois de obter estas duas informações, basta você analisar qual os custos que sua empresa tem com a produção de anúncios para os produtos e todas as ferramentas que são usadas para sua realização.

Com isto, é possível compreender se este cliente consegue movimentar a produção de sua empresa e se realmente seu consumo traz lucros, para saber se o seu investimento está tendo um retorno viável.

Como oferecer um produto com um alto preço para seus clientes?

Geralmente, quando os clientes analisam um produto oferecido por uma empresa e conseguem enxergar apenas o valor, isto pode significar que os benefícios sobre seu consumo não estão muito claros como deveriam.

Portanto, ao realizar sua oferta, é preciso mostrar ao consumidor, que o seu produto é simples e fácil de ser utilizado, com todas as instruções necessárias, para que o cliente saiba bem o que está sendo consumido.

Veja algumas estratégias que podem fazer a diferença na hora de oferecer o produto para seus clientes de forma eficiente:

  • Mostre para seu cliente que ele tem sorte de adquirir este produto

Fazendo isso, você mostra para seu cliente que sua forma de avaliação deve ser valorizada e, a melhor maneira para fazer isto, é comparando preços com diferentes tipos de solução para um mesmo resultado.

Por exemplo, você pode comprar o valor de lentes corretoras de óculos de grau e do curso que será oferecido pela sua empresa, a fim de ensinar exercícios que possam fazer com que sua miopia seja reduzida. 

Isto mostrará para seus clientes que seu produto é algo que vale a pena ser investido e que os benefícios serão aproveitados à longo prazo.

  • Sempre dê opções de parcelamento de preço para seus clientes

Ao apresentar o valor parcelado de seu produto, você faz com que seu cliente tenha uma idéia de qual será o investimento feito ao mês, sendo uma forma eficiente de “camuflar” seu valor original.

Além disso, sua empresa também pode oferecer grandes descontos, caso o cliente queira firmar uma fidelidade com seus negócios, sendo uma vantagem ainda maior que o pagamento de apenas uma vez só.

  • Mostre ao cliente o valor do produto, se comparado com seu preço

Sempre ao oferecer  o produto para um cliente, é preciso mostrar todas as vantagens que ele terá ao adquirir e realizar este investimento.

Faça o cliente entender quais as oportunidades ele perde ao não comprar o produto oferecido pela sua empresa e compare isto com seus investimentos.

  • Coloque a precificação como maior solução

Coloque o preço em cada um de seus produtos separadamente, pois dessa forma, seus clientes poderão analisar as vantagens de comprar e investir seus negócios.

Use a técnica do preço aproximado

Muitas lojas utilizam uma técnica muito antiga e conhecida por todos, como as lojas de R$1,99, que vendem a idéia de oferecer produtos com o valor menor que R$ 2 reais.

Apesar de ser uma diferença de valor muito pequena, os clientes geralmente analisam estas propostas como uma oportunidade de adquirir um produto com valor mais barato, de forma não racional.

Mas, apesar dessa sensação de produto mais barato, valores cheios também podem chamar muita atenção, principalmente por proporcionar um calculo mais simplificado.

Entender como precificar produtos digitais é muito importante, principalmente para valorizar seu trabalho e aumentar ainda mais os clientes de sua empresa.