Mundo Raiam
Livros

Transformando suor em ouro: o mindset do Bernardinho em resenha

15/03/2016
bernalio

Tô meio inconsistente aqui no blog por causa daqueles problemas técnicos de servidor.

Vou explicar isso aí com uma parábola.

Imagina você recém-casado morando num conjugado com sua esposa.

Daí você começa a ter um monte de filhos e aquele muquifo fica muito pequeno para criar a criançada.

Você tá trabalhando bem e chega uma hora de pegar o fruto do seu trabalho e investir numa casa maior para dar mais conforto a sua família.

Bom, aconteceu isso com esse humilde blog.

O servidor antigo não aguentou os milhões de acessos, eu investi pesado numa estrutura maior e eu tô até agora tentando otimizar as coisas no novo servidor.

Guenta aí que daqui a pouco eu volto com aquela pegada de 3-4 posts bombásticos por semana.

Afinal, essa é uma das paradas que eu mais gosto de fazer na vida.

 

POST OSTENTAÇÃO

Bom, há um tempo atrás eu fui numa palestra motivacional do técnico Bernardinho lá no IME.

Passei o evento inteiro com a caneta na mão e compartilhei minhas conclusões com o povão aqui do MundoRaiam naquele post 20 Lições da Palestra Motivacional do Bernardinho.

Uns dias depois, eu fui dar uma relaxada na praia de Ipanema com família da minha ex.

Fui na barraca pegar um coco e acabei sendo abordado por um muleque de 20 e poucos anos que falou que se amarrava no meu trabalho.

Aí meu cérebro automaticamente pensou:

“Putz…que merda… ele vai falar sobre futebol americano”

livro bernardinho suor ouro raiam

A verdade é que volta e meia nego me para na rua por causa da minha meteórica carreira de apresentador e comentarista de futebol americano na TV.

Já tô até acostumado a ouvir coisas do tipo:

 

“Você não é aquele cara que foi demitido da ESPN por causa de piada de paulista?

“Por que você não foi jogar na NFL?“.

 

Dessa vez foi diferente!

O camarada ali foi a primeira pessoa a me parar na rua por causa do conteúdo do blog MundoRaiam.

Esse site aqui começou a bombar em outubro de 2015 depois daquele post do meu café da manhã com o megainvestidor Luis Stuhlberger.

Antes daquilo, o MundoRaiam não tinha nem 100 reais de faturamento mensal e só meia dúzia de gatos pingados liam minhas asneiras.

Esse camarada da praia era um deles.

Ele falou que se sentiu tão desconfortável com meus posts-ostentação de livros que tomou vergonha na cara e desenvolveu o hábito de leitura.

Não sabe o que é um post-ostentação?

Então leia o Você acredita que eu li 250 livros em 2015? e também o Como eu consegui ler 100 livros em 2014.

Já falei aqui que eu escrevo esses posts sobre livros com uma linguagem bem agressiva e exibida de propósito.

É apenas uma técnica de programação neuro linguística …. e tem funcionado muito bem, hein?!

Já foram milhares e milhares de pessoas que tomaram vergonha na cara e desenvolveram o hábito de leitura motivadas por esse humilde site.

Gente que criou conta no Audible, no Kindle Unlimited, no Amazon, no Ubook e virou serial-reader como eu.

 


 

Mano… isso pra mim vale muito mais do que qualquer livro meu na lista dos best-sellers.

Para você ter uma ideia, o muleque da praia terminou nada menos que 31 livros em 2015!

31 livros é coisa pra caramba… ainda mais para alguém que tinha preguiça de ler.

Tenho um carinho especial para os early-adopters que é aquela galera que acompanhava as postagens antes do MundoRaiam “virar modinha”.

Acabou que o muleque da praia virou amigo aí eu passei a seguinte missão pra ele: escreve uma resenha de algum livro que mudou sua vida.

O nome da fera é Pedro Henrique Martins Bruno e ele escolheu TRANSFORMANDO SUOR EM OURO do técnico Bernardinho!

 


11fiverr


Transformando suor em ouro: o mindset do Bernardinho

por Pedro Henrique Bruno

bernie

(Clica na foto aí para baixar o livro lá no Amazon)

 

Escrever uma resenha do livro após o Raiam já ter feito um breve resumo em seu post da palestra do Bernardinho é difícil, mas tem muitos pontos sensacionais do livro, a começar pelo prefácio, escrito por João Pedro Paes Leme e intitulado O DESCOBRIDOR DE VIRTUDES.

Não sei se vocês pulam o prefácio e já vão direto à introdução (acho que o pessoal aqui do blog nunca faz isso), mas faço questão de avisá-los que esse início é tão importante quanto o livro.

Ele simplesmente possui a principal fórmula de sucesso do Bernardinho:

 

TRABALHO + TALENTO = SUCESSO

 

Ao contrário do que a gente aprendeu nas aulas de matemática, nessa fórmula aí, a ordem dos fatores realmente altera o produto!

Isso porque, para o Bernardinho, o trabalho vem antes do talento.

 

“É melhor lapidar até a exaustão o talento médio (e determinado) do que tentar polir o diamante preguiçoso que não deseja polimento”.

 

Só com essa introdução, já dá para perceber o motivo do cara ser o melhor treinador de vôlei do mundo: ele dá valor às PESSOAS.

Em sua apresentação, Bernardinho explica que TRANSFORMANDO SUOR EM OURO não é um livro de glórias, mas demonstra o caminho que percorreu desde jogador reserva a técnico campeão olímpico.

Tudo isso devido a tal da RODA DE EXCELÊNCIA.

A RODA DE EXCELÊNCIA nada mais é que uma ferramenta que norteia a busca permanente da qualidade aplicada com os jogadores para refinar habilidades como: perseverança, superação, comprometimento, cumplicidade, disciplina, ética e hábitos positivos de trabalho.

Sim, é o que todos buscamos em nossa vida profissional e pessoal.

Provavelmente a maioria não sabe quem é de fato o Bernardinho. Eu mesmo não sabia quase nada dele antes de ler o livro.

Então vou fazer um breve resumo da trajetória dele antes de partir para os principais ensinamentos que tirei.

bernard1

Bernardo Rocha Rezende cresceu em Copacabana, bairro de classe média alta do Rio de Janeiro.

Jogou futebol, praticou judô, tênis, vôlei de praia, até se encontrar no vôlei de quadra.

Estudou no colégio Andrews, durante o ensino fundamental e médio e se formou em Economia na PUC-RIO.

Conseguiu terminar o ensino superior da PUC apesar de sua participação ativa como jogador profissional em vários torneios internacionais com a seleção brasileira.

Enquanto seus colegas de time dormiam após os treinos ou jogos para recarregar as energias, ele passava a madrugada estudando.

Isso é sangue nos olhos!

O cara é sócio do Delírio Tropical, onde participou da expansão do restaurante, da rede de academias BodyTech e de outras startups.

Bernardinho não figura só como o maior treinador brasileiro, dentre todos os esportes, mas como um excelente empresário e palestrante.

Já era fã por causa da sua paixão nos jogos, onde a cada erro não forçado de seus jogadores quase rasgava a camisa de tamanha raiva.

bernalio

Mas isso ficou explicado em seu livro.

Ele fica brabo dentro de quadra porque ele sabe que as pessoas que estão sob seu comando são as melhores do mundo e sempre quer colocá-las em seu máximo.

Agora, seguem os 15 principais pontos de seu livro juntamente com meus humildes comentários.

Vamos lá!

 

  1. A VITÓRIA NÃO É MAIS IMPORTANTE DO QUE A CERTEZA DE TERMOS FEITO TODO O ESFORÇO PARA CONQUISTÁ-LA.

Perder faz parte, irmão. Só tenha convicção de que deu o seu melhor. Assim, mesmo perdendo, você será vitorioso, pois terá se esforçado ao máximo.

 

“You only fail when you stop trying!”

 

 

  1. DISCIPLINA É A PONTE QUE LIGA NOSSOS SONHOS ÀS NOSSAS REALIZAÇÕES.

Você pode querer ganhar o mundo! Mas se não tiver o foco, o planejamento, a disciplina e a perseverança, será apenas mais um sonhador frustrado.

 

“Discipline: Doing what needs to be done even though you don’t want to!”

 

Opa! É o Raiam aqui se metendo no meio do post do Pedro para fazer o merchant do meu livro HACKEANDO TUDO: 90 HÁBITOS PARA MUDAR O RUMO DE UMA GERAÇÃO. Falou em hábitos, disciplina e foco… a veia capitalista já saltou. Aproveita que o livro tá em promoção no Amazon, já é?! 

 


  1. SER BOM NÃO É O MAIS IMPORTANTE, E SIM ESTAR BEM PREPARADO.

Segue a lógica dele: Trabalho é mais importante que talento.

 

“Hard work beats talent when talent doesn’t work hard!”

 

 

  1. NÃO DEIXE QUE O SUCESSO SUBA À CABEÇA.

Sucesso passado não garante sucesso futuro.

Alcançou seu objetivo? Trabalhe mais duro ainda para alcançar o próximo.

 

“Raise the bar!”

 

 

  1. LER COMO VERDADEIRO SINÔNIMO DE ESTUDAR E GARANTIR UMA BOA FORMAÇÃO PROFISSIONAL, NÃO IMPORTA A CARREIRA QUE SE ABRACE.

Passei a ler e a me interessar por livros de uma maneira absurda depois que comecei a acompanhar o blog.

E de uma coisa eu tenho certeza, quero ler cada vez mais.

 

“The person you will be in 5 years is based on the books you read and the people you surround yourself with today!”

 

 

  1. SUCESSO É A CONSISTÊNCIA EM PERFORMANCE DE EXCELÊNCIA, É PRODUZIR RESULTADOS AO LONGO DO TEMPO.

Depois que chegar ao topo, tem que se manter no topo.

A excelência tem que ser regular. Só assim você terá sucesso. Ou você ainda vê o Shogun como um campeão do UFC?

 

“Hard work doesn’t guarantee success, but improves its chances!”

 

 

  1. ENQUANTO O SUCESSO É UM CONCEITO MUITO PESSOAL, DE MÚLTIPLAS DEFINIÇÕES, A EXCELÊNCIA SIGNIFICA REALIZAR DA MELHOR MANEIRA POSSÍVEL AQUILO QUE SE PRETENDE.

Para uma pessoa, ter uma vida de sucesso talvez seja passar em um concurso público e ter a tal estabilidade garantida.

Para outra, abrir uma empresa que vai ajudar inúmeras pessoas.

Mas excelência sempre será a mesma para todos… todo mundo sabe que 100% não é 99,9%.

 

“We are what we repeatedly do. Excellence, therefore, is not an act, but a habit!”

 

Putz olha os hábitos aí de novo! Se ainda eu não te convenci a ler o HACKEANDO TUDO: 90 HÁBITOS PARA MUDAR O RUMO DE UMA GERAÇÃO, vou convencer agora! Olha o depoimento das pessoas que leram o livro: http://amzn.to/1NZAXbr

 

 

  1. UMA GRANDE EQUIPE É FORMADA POR TALENTOS COMPLEMENTARES.

Um exemplo claro é o time do Golden State Warriors. O Warriors pegou nomes consagrados do basquete mundial como o Andre Iguodala para serem reservas.

E eles aceitaram pela proposta do time, pois um time é composto por todos, titulares e reservas, todos têm que se complementar e estar com foco no objetivo do grupo.

A proposta era de serem os campeões. E foram.

 

“Teamwork divides the task and multiplies the success!”

 

 

  1. O LÍDER NÃO DECIDE SER LÍDER – QUEM O ESCOLHE SÃO OS OUTROS.

Você pode ser o chefe, sem problema nenhum, mas líder, você só será se seus subordinados acharem que você merece.

Um time só joga bem quando estão em sintonia com o técnico.

Uma equipe só faz grandes vendas quando veem no gerente um exemplo.

 

“Good players inspire themselves, great players inspire others!”

 

 

  1. A MOTIVAÇÃO BASEIA-SE EM DOIS PILARES: A NECESSIDADE E A PAIXÃO.

Você pode ter motivação com apenas um desses pilares, mas sem os dois, você vai desistir mais rápido do que o tempo que levou para começar.

 

“The only way to do great work is to love what you do!”

 

 

  1. NÃO BASTA ESCOLHER OS ATLETAS MAIS CAPAZES, É IMPORTANTE FAZER COM QUE ESSES TALENTOS CONTINUEM PRODUZINDO RESULTADOS.

Adriano, Jobson, Ronaldinho Gaúcho, Robinho… Explicam muita coisa.

 

“If you don’t practice, you don’t deserve to win!”

 

 

  1. FAMA NÃO GANHA JOGO.

Se fama ganhasse jogo, Real Madrid e Barcelona nunca perderiam seus jogos.

 

“Work until your idols become your rivals!”

 

 

  1. A VITÓRIA POR DIFERENÇA MÍNIMA TENDE A FAVORECER AQUELES QUE DESENVOLVEM UM SENTIMENTO FUNDAMENTAL PARA ESSES MOMENTOS DECISIVOS – O DO MERECIMENTO.

Quem treinar mais, se esforçar mais, não vai querer perder de jeito nenhum. Vai dar sangue, suor e lágrimas para o grupo ser o melhor, o vitorioso.

 

“Don’t stop when you are tired. Stop when you are done!”

 

 

  1. É PRECISO CRIAR SITUAÇÕES DE DESCONFORTO PARA TIRAR O MELHOR DAS PESSOAS.

Quem fica na zona de conforto não vive, apenas sobrevive.

 

“Life begins at the end of your comfort zone!”

 

 

  1. A ÚNICA FORMA DE NOS MANTERMOS VITORIOSOS É NOS DEDICANDO COM PELO MENOS A MESMA INTENSIDADE DAQUELES QUE NOS PERSEGUEM.

Mesmo quando você alcançar o auge, aja como se fosse o segundo. Assim, nunca sairá do topo.

Caso contrário, será o segundo na primeira oportunidade.

 

“Play like a champion, train like a underdog!”

 

 

Esses são, para mim, os principais pontos do livro, dentre tantos outros.

Demonstram como é o jeito de pensar, agir, treinar, estudar, jogar e viver do Bernardinho, nunca se doando menos do que 100%.

Posso falar que ele realmente coloca seus atletas até o limite, pois tive a sorte de ver alguns de seus treinamentos na Fortaleza de São João, na Urca, quando estava servindo ao exército.

O cara é nos treinos exatamente como nos jogos. Grita, xinga, quase rasga a camisa, sempre exigindo e se dedicando ao máximo.

E é por isso que é o maior treinador de voleibol do mundo.

No fim, há ainda o complemento para a RODA DA EXCELÊNCIA, a ESCALA DE VALORES, que se baseia em seis etapas. São elas: escolha de talentos, espírito de equipe, definição e fomento de lideranças dentro do grupo, treinamento extremo, fatores externos e o sucesso e suas armadilhas.

Com os ensinamentos da RODA DA EXCELÊNCIA, dos 15 Pontos Principais que destaquei e com a ESCALA DE VALORES, se aplicados à sua rotina, com certeza você terá sucesso!

Para esse ano olímpico, esse livro é leitura obrigatória!

Um excelente ano de leitura para nós!

Grande abraço!

Pedro Henrique M. Bruno

 

 

 

 

 

 

 

You Might Also Like