Mundo Raiam
Livros

Tim Tebow: jogador de futebol americano e pastor evangélico

21/04/2015


TEBOW1

Esses dias acordei com a notícia de que o Tim Tebow assinou um contrato de 1 ano com o Philadelphia Eagles.

Para aqueles que não conhecem, Tim Tebow foi um dos melhores jogadores da história do futebol americano universitário dos Estados Unidos quando era quarterback da Universidade da Florida.

Chegou na NFL com status de estrela e, alguns meses depois de haver feito milagres para seu time nos playoffs, o Denver Broncos contratou o Peyton Manning e mandou o Tebow embora.

Ninguém queria contratá-lo por dois grandes motivos.

Primeiro porque diziam que ele não sabia lançar a bola direito e sua técnica não era apurada suficiente para ser quarterback na NFL.

Segundo porque ele era um câncer para o time.

Não por causa da atitude dele.

Muito pelo contrário.

Todos seus companheiros enchem a boca para elogiar as capacidades de liderança do menino.

O problema é a mídia.

A presença de jornalistas atrás de Tebow acabava com a química entre o outros 50 e poucos jogadores do vestiário e o excesso de exposição foi muito prejudicial tanto para o Denver Broncos quanto para o New York Jets.

É o famoso “Tim Tebow circus”!

Esse ano teve algo parecido em Cleveland com o Johnny Manziel.

Todos os holofotes estavam no Johnny Football e é difícil trabalhar num ambiente assim.

Mesmo estando fora da liga, Tebow é um dos atletas mais queridos dos Estados Unidos por seu caráter, sua honestidade e sua religiosidade.

Terminei o livro do Tebow há um tempo atrás e estou há umas duas semanas para postar esse resenha aqui.

Through My Eyes é uma mistura de autobiografia, jornalismo esportivo, auto-ajuda e religião.

Tebow conta da sua infância nas Filipinas e de suas experiências nas várias missões religiosas que seus pais participaram ao longo de sua vida.

Ele nunca foi a escola.

Seus pais optaram pelo home-schooling e contrataram professoras particulares para dar aula para ele e para seus irmãos dentro de casa.

Sim, isso é permitido nos EUA.

tim tebow cristão

Na hora de jogar futebol americano, os técnicos viam seu biotipo troncudo e o colocavam para jogar de tudo, menos de quarterback.

Só aos 15 anos de idade que ele conseguiu convencer de que o lugar dele era atrás do center comandando o time.

Tebow passa um tempão do livro falando de sua experiência como quarterback da Universidade da Florida.

Dei muito valor porque lembrei muito da minha adolescência em San Diego.

Ele conta minuciosamente os detalhes de cada jogo, a característica de cada jogador e consegue passar para o leitor todas as emoções da rivalidade entre as principais universidades do sul dos Estados Unidos: Alabama, Florida, Georgia e LSU.

Na época que ele apareceu para o mundo como calouro da University of Florida, eu estava no meu processo de recrutamento pré-NCAA.

Como todo jogador de futebol americano de nível colegial nos Estados Unidos, sonhava em jogar na TV aos sábados.

De preferencia em uma universidade da conferencia SEC, a mesma do Tim Tebow.

E como era bom vê-lo jogar com a #15 do Gators!

Ele lançava, corria, saltava, dava truck-stick nos linebackers, bloqueava para o running back e era pica das galáxias nas conferencias de imprensa pós-jogo.

Nos capítulos do futebol americano, é um name-dropping do caralho.

Quanto mais nomes de jogadores ele cita, mais real a história parece.

Ele fala, com a maior naturalidade, do dia-a-dia de jogadores como os irmãos Maurkice e Mike Pouncey, Percy Harvin, Aaron Hernandez, Riley Cooper, e Cam Newton (seu reserva durante uma temporada no Florida Gators).

TEBOW3

Fora essa galera aí, ele conta de suas rivalidades contra Georgia de Matthew Stafford e contra a LSU de Jamarcus Russell e de técnicos lendários como Urban Meyer, e Nick Saban.

Papo reto… o cara é tão sinistro que conseguiu escrever uma autobiografia best-seller de sua vida até os 21 anos!

O livro acaba quando ele foi escolhido para o draft da NFL… muita coisa rolou desde lá e estamos todos na espera do próximo livro do filho do Homem.

Vou parar de contar o livro.

Through My Eyes está disponível no Amazon e é leitura obrigatória para todo fã de futebol americano.

E vou aproveitar que você chegou até o final do post para recomendar um outro bom livro… o meu! Hackeando Tudo também está disponível no Amazon.

Quer dar uma lida? Clica aqui!.

 


Curtiu o post? Então chega lá na minha lista de email!


LIVROS

Curtiu mesmo? Vai lá no Amazon ou no iTunes e dá uma olhada nos meus dois livros publicados:

Hackeando Tudo: 90 Hábitos Para Mudar o Rumo da Nossa Geração.

Ousadia: Intercâmbios, Mochilões e Business Trips do Brasileiro Que Deu a Volta Ao Mundo Antes dos 23.

UBOOK

O Ousadia e o Hackeando Tudo estão disponíveis em versão audiobook no aplicativo UBOOK também!

Já experimentou audiobooks? Toma aí um desconto para ganhar UM MÊS GRÁTIS de audiobooks ilimitados no Ubook.


AMAZON AUDIOBOOKS

Se você curte audiobooks e manja do inglês, altamente recomendo que você crie uma conta no Audible.

Clica aqui embaixo para desenrolar 2 audiobooks grátis lá no Audible.

Try Audible and Get Two Free Audiobooks

PALESTRAS

Para informações sobre palestras, envie um email diretamente para minha equipe em contato@raiamsantos.com.

You Might Also Like

Entre para a LISTA VIP do Mundo Raiam e Receba os novos posts por e-mail. 
x