Mundo Raiam
Estudar fora, Mercado Financeiro

Dólar a R$3? Agora sim que é a hora certa de estudar fora! Saiba por que…

15/03/2015

Front entrance, Stanford University

Ao longo dos últimos anos, centenas de jovens vieram falar comigo pelas redes sociais e manifestaram seus sonhos de seguir meus passos, meter o pé do Brasil e estudar fora.

Através dessas conversas, cheguei a conclusão de que a maior limitação para esse pessoal é a falta de grana.

“Meu sonho é fazer faculdade lá fora mas não tenho grana pra isso”

picou

Toda vez que eu ouço um comentário desse (não foram poucas, hein), eu vejo que aquela pessoa realmente não foi feita para enfrentar esse desafio. É complacente, não tem sangue no olho e merece ficar aqui pelo Brasil mesmo e fazer um concurso público.

Digo isso porque eles deixaram essa lenda de que “estudar fora é coisa para coxinha filho de milionário” limitar seus sonhos. E é uma lenda mesmo! Uma desculpa que a galera arruma para não sair da zona de conforto.

Quando fui admitido para a University of Pennsylvania em março de 2007, meus pais estavam desempregados e o dólar estava alto. A universidade estava ciente da dificuldade dos meus pais de cobrir meus custos por lá e me deu uma bolsa integral por 4 anos! Viram meu potencial e investiram perto de US$200mil dólares na minha educação.


Quer fazer faculdade fora e não sabe por onde começar? 
Clique no logo abaixo e leve 50% de desconto no curso online que te ensina a navegar o vestibular americano.

udemy

Imagine VOCÊ trabalhando no Mercado Financeiro!

A média salarial inicial varia em torno de R$ 6.000 a R$ 9.000 por mês para recém formados. Quer aprender como chegar lá? Eu te mostro o caminho das pedras, vem comigo. Insira seus dados abaixo:

 

Basta uma simples pesquisa no Google para saber que há uma infinidade de oportunidades e bolsas de estudos para bons estudantes brasileiros lá fora.

O processo é cansativo e um pouco complicado mas o jovem que realmente quer isso, vai correr atrás e vai conseguir.

Digo isso porque eu sei que as universidades americanas estão sedentas por bons estudantes brasileiros. Nos EUA, eles dão um grande valor para o quesito diversidade do corpo de estudantes e, por isso, lugares como Harvard, Stanford e Yale têm COTAS para brazucas na graduação.

Para você ter uma ideia, toda vez que eu converso com a diretora da University of Pennsylvania em uma conferencia ou evento de ex-alunos, ela manifesta a tristeza dela com a falta de candidatos brasileiros ao Huntsman Program e a Wharton School of Business.

Você que está em idade de vestibular e sonha em entrar em uma universidade americana tem que comemorar a alta do dólar!

Mas Raiam, você está maluco?

Tenho duas razões para isso:

1) Lei da oferta e procura

Quando o dólar sobe, as famílias brasileiras não encorajam seus filhos a estudar fora por causa dos custos altos. Por causa disso, o número de candidatos brasileiros nos processos de application das universidades americanas cai dramaticamente.

E isso é uma grande oportunidade porque a concorrência diminui.

Nessas situações, só o top-1% dos brasileiros (pessoas com sobrenome chique e conta bancaria multimilionária) se candidata a vagas nessas universidades.

Só que as universidades procuram gente que superou adversidade, gente que inovou, gente que mostrou antes de seus 18 anos que tem motivação e sangue no olho para vencer na vida.

Conversei varias vezes com admissions officers de universidades da Ivy League e ouvi que, por falta de candidatos com esse perfil, eles acabam admitindo apenas alunos brasileiros desse top1%.

Quando aparece um brasileiro não-milionario e que veio de uma escola normal (com isso, excluo escolas internacionais em solo brasileiro como Escola Americana e Graded School), eles realmente comemoram e olham seu application com muito mais carinho.
2) Financial Aid

No curso online COMO GANHAR BOLSA PARA UNIVERSIDADES AMERICANAS, eu compartilho a lista das universidades americanas que oferecem bolsa para estudantes brasileiros e explico como funciona o sistema de financial aid nessa universidades (Quer ganhar 50% de desconto no workshop? Clique aqui)

Quando o aluno for bom e tiver potencial, eles têm uma fórmula bem simples para calcular o quanto de bolsa ele vai receber. Eles basicamente olham para a renda anual dos seus pais, convertem para o dólar e comparam esse número com US$60mil.

É aí que o dólar alto oferece uma oportunidade e tanto pra gente!

Mostrou que tem notas boas na escola e convenceu a banca julgadora das universidades que você merece estudar lá? Fica tranquilo! Eles cuidam do resto!

Se seus pais ganham menos de 30mil reais por mês, você está garantido em ganhar uma grana legal em bolsa de estudos (coisa de pelo menos 75% de desconto na anuidade).

E aí? Tá esperando o quê?

Ou seu sonho é realmente passar numa universidade pública dessas que entram em greve toda hora?

greveO curso online que criei em parceria com o Udemy é pago, mas consegui jogar os primeiros capítulos no YouTube.


Curtiu o post? Então chega lá na minha lista de email!


LIVROS

Curtiu mesmo? Vai lá no Amazon ou no iTunes e dá uma olhada nos meus dois livros publicados:

Hackeando Tudo: 90 Hábitos Para Mudar o Rumo da Nossa Geração.

Ousadia: Intercâmbios, Mochilões e Business Trips do Brasileiro Que Deu a Volta Ao Mundo Antes dos 23.

UBOOK

O Ousadia e o Hackeando Tudo estão disponíveis em versão audiobook no aplicativo UBOOK também!

Já experimentou audiobooks? Toma aí um desconto para ganhar UM MÊS GRÁTIS de audiobooks ilimitados no Ubook.


AMAZON AUDIOBOOKS

Se você curte audiobooks e manja do inglês, altamente recomendo que você crie uma conta no Audible.

Clica aqui embaixo para desenrolar 2 audiobooks grátis lá no Audible.

Try Audible and Get Two Free Audiobooks

PALESTRAS

Para informações sobre palestras, envie um email diretamente para minha equipe em contato@raiamsantos.com.

You Might Also Like

Quer conseguir um emprego TOP no Mercado Financeiro?

O salário inicial médio varia em torno de R$ 6.000 a R$ 9.000 por mês para recém formados. Quer aprender o caminho das pedras?